Ir para conteúdo

Uma mulher no Haiti

 

Por entre escombros vê-se apenas um pequeno espaço

Luz e sombra

Um fio de esperança?

E então,

não mais que de repente,

alguém a encontra!

Segura sua mão e a socorre

Era um fio de esperança?

Sim, agora não está mais na escuridão

Marina Franconeti Ver tudo

Escritora e Mestre em Filosofia na USP, na área de Estética, com a pesquisa Confrontos do olhar: a pintura e a figuração feminina por Édouard Manet. Ama pintar aquarelas, descobrir a magia nas tintas e na prosa do mundo.

7 comentários em “Uma mulher no Haiti Deixe um comentário

  1. Muito interessante de como você conseguiu tirar uma visão tão bela de uma desgraça…
    São nas pequenas coisas que enxergamos a magnitude da beleza, né?

    Curtir

  2. O antagonismo da vida…
    luz e trevas;
    dia e noite;
    doce e azedo;
    coragem e medo;
    amor e ódio;
    feminino, masculino;
    felicidade e dor…enfim
    sem um, não se reconhece o outro…

    parabéns….beijinhos

    Curtir

  3. Foi impressionante a sua forma de colocar sentimento numa situação tão trágica quanto essa, da mulher encontrada nos escombros no Haiti.
    Parabéns!

    Curtir

  4. Em todos os momentos, a “esperança” sempre deve ser nossa companheira.Filha dileta da fé,nos traz alento, confiança, certeza…
    ADOREI!!!!

    Curtir

Deixe uma resposta para Líi.Cancelar Resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Caderno Jota

O cinema, a vida e tudo o mais

um velho mundo

A palavra escrita brilha como uma janela acesa no caos. E, então, ela alça voo e dança no ar.

Limonada

A palavra escrita brilha como uma janela acesa no caos. E, então, ela alça voo e dança no ar.

Momentum Saga

A palavra escrita brilha como uma janela acesa no caos. E, então, ela alça voo e dança no ar.

Aline Valek

Blog da escritora

na cabeceira

A palavra escrita brilha como uma janela acesa no caos. E, então, ela alça voo e dança no ar.

Querido Clássico

A palavra escrita brilha como uma janela acesa no caos. E, então, ela alça voo e dança no ar.

Fright Like a Girl

A palavra escrita brilha como uma janela acesa no caos. E, então, ela alça voo e dança no ar.

Cine Varda

duas amigas apaixonadas por cinema, escrevendo sobre mulheres

Cinema na Varanda

Podcast semanal com Chico Fireman, Michel Simões e Tiago Faria

Artrianon

Arte e cultura

Rainhas Trágicas

Mulheres notáveis que fizeram História

Sopa de Letras

Literatura e outros

"Entre Aspas"

"Sempre conservei uma aspa à direita e outra à esquerda de mim". {Clarice Lispector}

Antimidia Blog

Textos sem sentido, para leituras sem atenção, direcionados às pessoas sem nada para fazer.

sigoescrevendo

Um manifesto de palavras sob a regência de cada momento.

%d blogueiros gostam disto: